Café aumenta a ansiedade?

Seja de manha, após o almoço ou no café da tarde, o cafézinho é sempre muito bem-vindo não é mesmo?

Mas apesar de já fazer parte da rotina dos brasileiros, algumas pessoas relatam sentirem uma maior ansiedade ao tomar café!

Será que realmente o café aumenta a ansiedade?

Mito ou Verdade: Café aumenta a ansiedade?

Sim, a quantidade excessiva da café é sim capaz de intensificar os sintomas da ansiedade.

Isso porque a cafeína estimula a liberação do “cortisol” que é conhecido como o hormônio do estresse.

O aumento da produção de cortisol resulta num maior nervosismo e irritabilidade, principalmente pra quem já sofre com os sintomas da ansiedade.

Vale lembrar que esses efeitos dependem muito do metabolismo de cada indivíduo.

Algumas pessoas metabolizam a cafeína de forma mais rápida, enquanto outras metabolizam a mesma quantidade de cafeína de forma mais lenta.

Sendo assim, não é uma regra mas pode acontecer, principalmente com quem tem um metabolismo mais lento.

Alguns dos sintomas agravados pelo excesso de cafeína são: taquicardia, dor de cabeça, agitação e dificuldade em se concentrar.

Café e produtividade:

A cobrança para sermos produtivos tem nos levado a improvisar formas de atender milhares de demandas de uma vez só.

E é por isso que hoje em dia o consumo do café frequentemente está mais ligado a busca pela produtividade do que ao prazer.

Mas o que muitas pessoas ignoram é o fato de que exagerar no uso de estimulantes como a cafeína e energéticos, além de aumentar a ansiedade ainda desencadeiam um efeito reverso:

  • Agitação em excesso;
  • Falta de concentração;
  • Insônia ou sono de má qualidade;
  • Pouca recuperação;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Tremores.

Consumir café é prejudicial?

Não, desde que o consumo não seja exagerado!

O café pode sim fazer parte dos seus hábitos, mas é necessário ter em mente que tudo em excesso pode ser prejudicial, inclusive o café.

Inclusive, existem estudos que apontam que a cafeína ajuda a:

  • Prevenir doenças metabólicas, como diabetes;
  • Diminuir o risco de doenças como Parkinson, Alzheimer, Cirrose e Cálculos da Vesícula Biliar;
  • Combater os radicais livres, além de favorecer a queima de gordura.

Qual a quantidade ideal de café?

A quantidade de cafeína não deve ultrapassar 2,5 mg  por quilo de peso ao dia.

Assim, uma pessoa que pesa 60kg pode consumir no máximo 150 mg de cafeína por dia, que é equivalente a duas ou três xícaras de café.

O café começa a ser prejudicial quando a pessoa consome doses acima de 500mg de cafeína, equivalente a cerca de quatro xícaras grandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *